SPORTS HOUSE I

 

SPORTS HOUSE I

Casa Incorporação | Real Estate House | Maison

programa

JHSF

cliente

coordenador

João Vieira

arquiteto

chefe de projeto

Greg Bousquet | TRIPTYQUE

João Costa

área 

67 Casas de 530 à 580 m²

paisagismo

Escritório Burle Marx

localidade

creditos

ano

Download

Fazenda Boa Vista | SP | Brazil

Ricardo Bassetti

2019 - 2021

Um novo conceito de morar que exalta uma vida saudável, junto à natureza.

Em meio ao Parque dos Esportes, na Fazenda Boa Vista, uma casa mimetizada à paisagem.

A arquitetura se dá com uma estrutura recortada de linhas mínimas sob o horizonte, abraçada por vegetações.

No invólucro, o morar se faz fluído com ambientes integrados entre si.

E então, a porosidade se faz preceito, e o desenho a poetisa.


O projeto Sports House revela o conceito de arquitetura mínima ao preservar a vista e integrar-se ao entorno natural do Parque dos Esportes, na Fazenda Boa Vista.

A criação apresenta duas tipologias de casa, uma térrea e outra de dois pavimentos em uma área de intervenção urbanística permeada pelo Sports Clubhouse, equipamentos, estruturas para esportes, jardins e lagos.


A autenticidade da morada está na simplicidade do desenho, que se dá a partir de linhas sutis na paisagem, com planos horizontais determinando o volume poroso. Paredes e divisórias ressignificam as fronteiras do habitar com o uso do vidro, materialidade transparente em contraponto à estrutura metálica, de linguagem industrial. E para trazer privacidade nas áreas mais delicadas da fachada, como banheiros e quartos, elenca-se jardineiras como barreiras visuais naturais posicionadas na continuação externa da laje em todo o perímetro da edificação. Assim, concebe-se e o conforto térmico e ambiental e a permeabilidade intencional com o entorno vivo ao incorporá-lo como parte do projeto.


Ao adentrar, o térreo se mostra como uma grande área de convívio e lazer integrada, com vista direta para o lago à frente. Cômodos como cozinha, sala de estar, sala de jantar, são dispostos em um layout fluido que acolhe e deslumbra quem chega. No pavimento superior, a privacidade dos dormitórios é adquirida por poucas divisórias internas em gesso, dando espacialidade aos quartos que são invadidos pela abundante vista natural.


Vazios e recortes em pontos estratégicos da laje permitem que casa e jardim se fundam, reforçando a experiência de uma casa de campo, possibilitando microclimas internos, com iluminação/ventilação natural, e vegetação. Garantindo assim, o conforto ambiental da casa.


Nos detalhes, acabamentos e revestimentos, a simplicidade projetual se faz sofisticada com a aplicação de materiais nobres, como a madeira, pedra e outros.


O conceito da arquitetura mínima viabiliza o baixo impacto da construção no terreno e eleva um projeto residencial que, mesmo com suas angulações retilíneas, se mimetiza ao entorno orgânico e o envolve em uma experiência única de morar.