ESCOLA CONCEPT

 

ESCOLA CONCEPT

Escola | School | École

programa

Grupo SEB

cliente

coordenador

Mario Tavares

arquiteto

chefe de projeto

TRIPTYQUE

área 

12 900 m²

paisagismo

localidade

creditos

ano

Download

São Paulo | SP | Brazil

Fran Parente

2017 - 2018

Assumindo o compromisso de resgatar os valores do icônico edifício Sacré-Coeur, em São Paulo, e, respeitando sua história, dar-lhe um novo formato adequado às necessidades do mundo contemporâneo em consonância com o que há de mais atual em termos de soluções e tecnologias – desta vez, com foco especial à educação.


A Escola Concept trabalha com métodos de ensino inovadores e volta todos os olhares para o que deve ser o futuro da educação de crianças e adolescentes. Em paralelo, está abraçada pela icônica construção da década de 1930 – ampliada entre 1940 e 1960 – de fachada listada como marco arquitetônico e, ao longo dos anos, muito presente na memória de várias gerações de cidadãos paulistanos.


O equilíbrio entre inovação e preservação histórica foi dosado na proposta por meio da revitalização das estruturas já existentes somada à inserção de novos programas em materiais sustentáveis e qualificados. Um dos grandes destaques é a área externa, um amplo e totalmente preservado parque repleto de árvores frondosas e vegetação exuberante.

Na proposta arquitetônica, a área externa é percorrida por uma marquise desenvolvida em CLT – madeira certificada de alta tecnologia ainda em fase experimental no Brasil – que, enquanto atua como link entre os blocos dispostos nos 18 mil metros quadrados de terreno da escola, estabelece também o elo entre a história e a contemporaneidade na engenharia civil e apresenta uma ideia consciente e inovadora. Além disso, o desenho orgânico da estrutura permeia a vegetação do espaço de modo a incorporar as árvores existentes, outra consideração bastante latente no projeto.


Assim como a marquise, todas as novas intervenções foram realizadas em madeira, e caixilhos, portas e pisos foram recuperados das estruturas originais, levando em conta estudos científicos sobre o benefício da interação com este material no que diz respeito à concentração, calma e níveis mais altos de aprendizado de crianças e adolescentes.

Duas quadras poliesportivas integram o programa: uma toda em madeira, e outra com cobertura retrátil, outro exemplo de atualização tecnológica – além da integração com as áreas verdes, o recurso deixa o espaço ainda mais dinâmico e multifuncional.


As salas de aula são conformadas em um layout modular também em sintonia com as novas formas de ensino, e abrem espaço para diversas tipologias de aula e interação em sala – por meio de portas pivotantes e mobiliário de fácil mobilidade, permitem a ampliação e articulação diferenciada dos espaços para atividades específicas e métodos horizontais de convívio. Os vidros junto às portas dos corredores são outra opção para enriquecer o aprendizado, uma vez que se tornam uma superfície ideal para o livre exercício da criatividade.


A biblioteca, bastante espaçosa, organiza livros e materiais de atividades em prateleiras acessíveis aos pequenos amparadas por mobiliário de apoio. A capela, por sua vez, foi convertida em auditório e em torre de 40 metros de altura totalmente preservada para ser utilizada como plataforma expositiva.