COLÔMBIA

 

COLÔMBIA

Corporativo | Corporate | Bureau

programa

Privado

cliente

coordenador

Luiz Trindade

arquiteto

chefe de projeto

TRIPTYQUE

Tiago Guimarães

área 

1 200 m²

paisagismo

localidade

creditos

ano

Download

São Paulo | SP | Brazil

Leonardo Finotti / Pedro Kok

2005 - 2007

A figura do brise-soleil – elemento tradicional da arquitetura tropical – está no centro deste projeto arquitetônico.

Situado em um antigo bairro de São Paulo em radical mutação, numa avenida de tráfego intenso, orientado face norte, o prédio se pretende a encarnação potente e orgânica das “agressões” urbanas e naturais de uma cidade subtropical.

O projeto toma o partido de se alimentar destas “agressões”: o barulho e a insolação.

O nível sonoro do tráfego da rua é uma potente sinfonia átona a la ”helicopter – quartet” de Stockhausen. Ele esculpe a fachada do prédio: uma membrana de brise-soleil, orgânica e fluida que sob o efeito das ondas sonoras se deforma, criando internamente filtros de efeitos luminosos e de temperaturas diferentes.

Um segundo filtro sobre a parede interna de vidro equaliza essas diferenças por meio de um jogo de filtro opaco serigrafado, exato negativo da deformação do brise-soleil.

A fachada membrana é “plugada” em uma moldura de concreto – ligação entre o meio externo e interno.

A fachada do fundo – como uma partição musical binária – pacífica – se abre para uma praia tropical.

Os 3 andares são estruturados por um elemento vertical forte: uma escada em concreto. Sua geometria - em planos dobrados – do estacionamento ao solarium, liga e forma os espaços.